Estabilidade, janelas de manutenção e utilização de memória em disco. Geralmente estes são fatores que administradores de servidores Windows apontam como pontos que precisam melhorar no sistema para servidores da Microsoft.

Não podemos negar que estas questões devem ser levadas em consideração na hora de provisionar um novo servidor. Atualizações constantes, serviços mal configurados e outros fatores contribuem para sucessivas janelas de manutenção e afetam diretamente na disponibilidade dos serviços de um servidor.

Desde o Windows Server 2008 esta disponível um modo de  instalação do Windows Server, chamado Server Core. Esta pode ser a solução pra alguns destes problemas.

Introdução ao Server Core e suas primeiras configurações.

Nos primórdios da administração de servidores Windows, já se falava bastante sobre o tamanho de seus discos de instalação comparado com as mídias de outros sistemas.

Em uma instalação do Windows Server 2003, por exemplo, todas as roles e features tem seus arquivos armazenados em disco rígido e também na própria mídia de instalação.

O Server Core é um modo de instalação mínima para o servidor, onde toda a parte de administração é feita através de linha de comando e apenas serviços básicos tem seus arquivos armazenados em disco.

A economia de espaço em disco é a garantia de que o servidor armazena apenas o que de fato precisa para operar seus serviços.

Fiz um vídeo demonstrando o processo de instalação e configurações básicas em um novo servidor.