Neste mês faremos mais uma atividade conjunta no MTI. Seguindo os moldes de fevereiro, quando nosso time de especialistas produziu uma enxurrada de conteúdo  sobre Windows Server, neste mês a bola da vez, é Virtualização.

Um conceito que existe desde 1960, quando os mainframes dominavam as grandes indústrias, e que até hoje muitas empresas no Brasil não usufruem de seus benefícios.

Unanimidade em nosso presente e um caminho sem volta para futuro, a virtualização é fundamental para o desenvolvimento dos negócios e do seu futuro profissional.

Virtualização

Alguns anos atrás quando a maioria das empresas operava sob a chamada TI tradicional, os recursos físicos de hardware eram dimensionados baseados na aplicação que rodaria, sob o sistema operacional, diretamente naquele equipamento. Toda e qualquer demanda extra deveria ser considerada no momento de aquisição dos equipamentos, pois caso houvesse um pico de utilização o servidor poderia simplesmente “travar.”

Na época era muito comum a figura dos servidores torre, cada um deles rodando o sistema operacional e 1 aplicação ou serviço (no melhor dos mundos).

virtualização-servidor

Servidor torre
Fonte: directindustry.com

Com a virtualização substituímos este cenário de 1 servidor físico por aplicação, por uma nova abordagem onde todo recurso de hardware agora é compartilhado e dividido entre instâncias virtuais independentes.

A virtualização hoje tem formatos diferentes e pode ser aplicada em diversos níveis de recurso.

Confira abaixo os 5 cenários de virtualização, mais comuns até a presente data.

Virtualização de Servidores

A virtualização de servidores habilita a abstração do hardware físico, criando um pool de recursos com processamento, memória e disco que oferece uma infraestrutura lógica onde o hardware é emulado e distribuído entre as máquinas virtuais.

Como exemplo de sistema para virtualização de servidores, também conhecido como Hypervisor, podemos citar o VMware ESXI e o Microsoft Hyper-V.

Máquina virtual executando o Windows Server.

Virtualização de Storage

A virtualização de storage recorre a abstração de todas as operações realizadas em disco, possibilitando a convergência de recursos diferentes de armazenamento , em uma estrutura única e consolidada.

Imagine poder agrupar 10 discos, com tolerância a falha e alta disponibilidade do conteúdo armazenado. Não parece interessante?

Virtualização de Rede

A mais nova das vertentes da virtualização, mas não se engane com sua “pouca idade”.

Atualmente é possível rodar em camada de aplicação, praticamente tudo que um equipamento físico faz, do roteador ao firewall.

No Microsoft Hyper-V, por exemplo, conseguimos criar um switch virtual e segmentar as máquinas em VLAN’s.

Virtualização de Desktops

A versão moderna e melhorada do antigo “terminal burro”.

Possibilita rodar aplicações pesadas em máquinas com pouco recurso de hardware, através de toda uma infraestrutura de virtualização de desktops (VDI). Cada desktop terá sua instância virtual no host de virtualização, compartilhando o hardware disponível.

Alguns autores consideram o Remote Desktop Services, antigo Terminal Services, como uma forma de virtualização de desktops. Como estamos iniciando nessee assunto, para que não haja confusão no conceito, vamos manter a classificação “prática” que a maioria dá: Um meio de acesso.

Quando falamos de Microsoft e Windows Server, virtualização de desktops é VDI.

Virtualização de aplicações

A virtualização de aplicações permite que aplicativos sejam executados, sem problemas, em ambientes onde eles não são suportados nativamente.

Ela se apresenta de duas formas, através de aplicativos hospedados ou empacotados.

Um aplicativo hospedado é executado diretamente no servidor, onde ele fica instalado. Digamos que apenas a parte gráfica é executada na máquina cliente.

No outro cenário o aplicativo é inserido dentro de uma  capsula, com um mini ambiente, que através da virtualização permite sua execução em outras instâncias, sem que haja interações na mesma camada.

Para ter mais informações sobre esse tipo de virtualização, pesquise sobre  RemoteApp e App-V.

Próximos passos

Durante este mês todo o grupo estará produzindo MUITO CONTEÚDO de altíssima qualidade sobre o tema.

Você encontra todos artigos, em nosso grupo no Facebook: https://www.facebook.com/groups/MixedTechnologyInfluencers/members/#