Na última quinta-feira (01/10) foi realizado o lançamento do Exchange Server 2016 com diversas modificações na plataforma Web da ferramenta, trazendo grandes melhorias na área de colaboração. Neste artigo vou listar as novidades, requisitos técnicos e algumas dicas para você que planeja implementar a versão mais recente da famosa plataforma de correio eletrônico.

 

exchange server 2016

 

Novidades do Exchange Server 2016

Essa versão do Exchange Server tem foco nos recursos de colaboração mas tivemos mudanças significativas em alguns outros aspectos. Confira abaixo:

Arquitetura

Referente a arquitetura o Exchange Server 2016 consome menos recurso de processo, otimizando a utilização de hardware e promovendo escalabilidade simplificada.

Colaboração

Será possível, linkar e compartilhar documentos armazenados no OneDrive for Business utilizando um servidor interno do Microsoft Sharepoint para gerenciamento diferentemente do cenário atual que enviamos arquivos como anexo apenas. Esta mudança dará uma experiência parecida ao que existe hoje com o Office 365.

                              Introduzindo os recursos do Exchange Server 2016

Outlook on the Web

O famoso Outlook Web App agora será chamado Outlook on the web. Inteiramente otimizado para dispositivos móveis como smartphones e tablets, tem suas características baseadas em cada plataforma, entregando uma experiência diferenciada tanto para os usuários de iOS como Android.

Exchange Server 2016

                                         Acesso ao Outlook Web App
  • Link Preview. Esta nova funcionalidade exibe uma prévia do conteúdo de um link, aos destinatários, que esteja no corpo do e-mail.
  • Contact Linking. Agora os usuários terão a possibilidade de linkar seus contatos aos pertencentes de sua conta no Linkedin.
  • Melhorias de desempenho. A interface foi repaginada para melhorar a performance no carregamento das mensagens, na exibição do painel de leitura e na busca de conteúdo.

Data Loss Prevention

Para atender a quesitos regulatórios, foi ativado um dispositivo de proteção para informações sensíveis da companhia. Habilitado junto as regras de transporte, no Exchange Server 2016 será possível identificar e monitorar 80 diferentes tipos de informações.

Baseado nestes quesitos, uma mensagem pode ser bloqueada, caso descumpra alguma destas políticas, e um relatório de incidentes é enviado para o remetente comunicando a restrição.

Você encontra mais informações referente a estes mudanças neste link

Funções descontinuadas no Exchange Server 2016

A função de Client Access e todas as suas funcionalidades, foram incorporadas dentro da função de Mailbox do servidor numa parte específica de controle de acesso dos clientes. Para mais informações sobre a nova função acesse este link .

Para mais informações a respeito do que foi descontinuado verifique este artigo.

Conclusão

Desde a entrada de Satya Nadella a Microsoft vem andando a passos largos para aparar arestas existentes em suas aplicações e atender as expectativas do mercado e da evolução tecnológica.

Nesta versão da ferramenta de correio eletrônico foi incorporada a solução para gestão de anexos, que já víamos no Lotus Notes da IBM, que traz uma economia sensível no espaço das caixas de correio e na gestão das informações.

Acredito que venha agregar muito frente as versões anterior e vamos aguardar os próximos passos.